menu

30/04/2019 17:19

Edilson aposta na força do Cruzeiro no Mineirão para sequência de jogos em casa

- Alisson Guimarães

Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Após quase três semanas disputando partidas longe do Mineirão, o Cruzeiro volta à sua casa para três jogos seguidos nos próximos oito dias. Pelo Brasileirão, a equipe celeste enfrentará o Ceará e o Goiás nesta semana. Já na quarta-feira da semana que vem, o oponente será o Emelec, pela Copa Conmebol Libertadores.

Os jogos em BH acontecem logo após a primeira derrota sofrida pela equipe de Mano Menezes na temporada, coincidência comemorada pelo lateral direito Edilson, que vê a oportunidade do Cruzeiro se reabilitar e subir na tabela do Campeonato Brasileiro.

“Por mais que a gente não havia perdido na temporada, sempre tem um gosto amargo a derrota. Jogadores de alto nível como temos aqui não podem se contentar em perder jogos assim. A gente sempre fala que no Brasileirão vamos perder alguns jogos, mas temos que vender caro essas derrotas. Espero que elas não sejam frequentes. Agora temos jogos seguidos em casa, temos que somar pontos e recuperar o mais rápido possível para brigarmos lá em cima”, projetou o camisa 2.

Na visão de Edilson, além de jogar ao lado da Nação Azul, a logística de se permanecer em Belo Horizonte nos próximos dias será benéfica para a preparação da equipe para a sequência de jogos no mês de maio.

“Importante para que possamos conseguir as vitórias, e a gente diminui o desgaste de viagens. O mais importante é estar junto com a nossa torcida, no nosso ambiente, onde a gente se sente muito à vontade, que é na nossa casa. Esse é um fator fundamental, estar com o nosso torcedor, que está sempre com a gente, ainda mais aqui no Mineirão”, reforçou.

Sobre o adversário desta quarta-feira, o Ceará, Edilson recomendou atenção especial contra o time que fez o melhor resultado na abertura do Brasileirão – 4 a 0 sobre o CSA – e alertou que a competição não oferece jogos de pouca dificuldade.

“Não temos jogos fáceis no Brasileirão. Esperamos um jogo difícil contra o Ceará, como sempre foi. Estamos esperando que eles virão fechados, e nós teremos que propor o jogo, torcendo para que nosso estilo dê certo, de tocar a bola, rodar, até encontrarmos os espaços. Ano passado perdemos para eles aqui, é um jogo sempre difícil, mas não podemos nos contentar com derrota alguma. Esperamos um Ceará forte, que sempre vem aqui e nos dá bastante trabalho. Estamos muito concentrados, trabalhando bastante para encontrarmos soluções e ganhar esses jogos dentro de casa”, garantiu o lateral.

Cruzeiro e Ceará se enfrentam nesta quarta, feriado de 1º de maio, a partir das 19h15, no estádio Mineirão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.


Notícias Relacionadas