menu

21/10/2020 01:00

Luiz Felipe Scolari elogia a entrega dos atletas e diz que o time deu apenas um pequeno passo em busca do objetivo

- Cláudio Antonio

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

De volta ao Cruzeiro após 19 anos de sua primeira passagem pelo Clube, o técnico pentacampeão mundial Luiz Felipe Scolari destacou a entrega dos jogadores na importante vitória sobre o Operário, nesta terça-feira, em Ponta Grossa-PR.

De acordo com o treinador, a Raposa deu um pequeno passo e precisa evoluir bastante ainda para poder se aproximar do principal objetivo da equipe na temporada.

“Os passos que a gente precisa dar são muito grandes. Hoje foi um pequeno passinho e temos uma infinidade de situações para melhorarmos. O jogo de hoje a gente ganhou, mas não foi de muita qualidade, foi de entrega, de luta e falta muito”, disse ele.

“Mas estou contente com o grupo que encontrei, tem algumas situações que ainda vou conversar com o presidente Sérgio Santos Rodrigues para a gente tirar o pé desse atoleiro em que nós estamos e ver se a gente consegue realmente fazer o que foi idealizado pelo projeto”, completou.

Felipão, que teve apenas um treino para preparar a equipe para o jogo com o Operário, destacou a importância de os jogadores recuperarem a confiança para o time evoluir e pode enfrentar os adversários em condições mais favoráveis.

“Não vamos comemorar muito essa vitória, porque nós estamos lá em baixo, faltam muitos degraus para a gente subir e faltam ainda algumas situações para que a gente possa melhorar tecnicamente para enfrentar outras equipes em melhores condições. No futuro a gente pode falar algo diferente se conseguirmos nosso primeiro objetivo, que é deixar esses jogadores tranquilos, sem medo de errar e com a possibilidade de ter confiança para fazer as jogadas”, declarou.

O treinador comentou ainda sobre a grande atuação do volante Adriano, revelado pelas divisões de base do Cruzeiro, e que teve sua escalação indicada pelo auxiliar técnico fixo do Clube Célio Lúcio.

“Foi o Célio Lúcio que colocou o Adriano na equipe. Eu tinha dificuldades na escolha do volante e ele disse que eu poderia coloca-lo. Então, eu tenho pessoas agora que eu posso confiar, que eu confio plenamente. A virtude de ter colocado o menino Adriano, que jogou muito bem, se posicionou muito bem, foi do Célio Lúcio, que trabalha com esse pessoal. Fiquei feliz com o menino e já é um jogador que a gente já pode pensar em utilizar mais dentro do grupo”, finalizou.

Luiz Felipe Scolari - Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Notícias Relacionadas