menu

16/09/2020 14:48

Atual gestão quebra paradigmas e oficializa promoção de todos os treinadores da base

- Gustavo Aleixo

Foto: Cruzeiro/Divulgação

A Toca da Raposa I é o berço não apenas de grandes atletas, mas também de profissionais de altíssimo nível. Atenta a esta premissa, a atual gestão do Clube conduziu uma medida inédita e incomum ao futebol brasileiro, oficializando a promoção de todos os treinadores da base, que passam a treinar a categoria subsequente àquelas que comandavam.

Na categoria final da base, o Sub-20, o Cruzeiro passará a ter como técnico Gilberto Fonseca, que estava no Sub-17. Esta última, agora, passa a ser comandada por Fábio Brostel, que, até então, conduzia os trabalhos do time infantil.

Contratado este ano para treinar o Sub-13, Fabrício Nazaré é quem assume o comando do Sub-15. Antes conduzida por Leandro Guerreiro, que foi promovido a auxiliar técnico do Sub-20, a categoria Sub-14 passa a ser dirigida pelo ex-volante Wendel, que foi oficializado no cargo na semana passada.

Por fim, a valorização dos profissionais cruzeirenses também chegou ao Departamento de Negócios Internacionais, que viu o treinador dos atletas de intercâmbio, Samuel do Carmo, também ascender no organograma da base, assumindo o cargo de técnico do Cruzeiro Sub-13.

“Esta nova gestão busca valorizar, premiar e reconhecer o esforço, a dedicação e a competência dos colaboradores que estão no Clube. O processo de formação envolve não só os atletas, mas também os treinadores, preparadores físicos e treinadores de goleiros. Então, o Clube está formando grandes profissionais também. Em razão disso, tomamos esta medida inédita de promover todos os nossos treinadores, oportunizando todos eles na categoria de cima”, ressaltou o diretor da base cruzeirense, Gustavo Ferreira.

Identificação com Clube

Para promover a ascensão de profissionais, o Cruzeiro tem se baseado numa fórmula que, historicamente, norteia a promoção de jovens atletas ao elenco profissional. Além da capacidade técnica para exercer determinada função, a atual gestão busca contratar e valorizar profissionais identificados com a camisa cinco estrelas.

“Estamos valorizando também profissionais que tem uma identificação e ligação com o Clube. Sou ex-atleta da base, cujo pai foi preparador físico do Cruzeiro em 1981, e além de mim temos o Leandro Guerreiro como ex-atleta do Clube, o Fábio Brostel que também passou pela nossa base, e o Wendel, que defendeu o nosso time profissional.  Fora estes nomes, contamos com a presença do Dirceu Lopes, Careca, Gilmar Francisco e de vários outros ex-atletas que vestiram esta camisa e que querem trabalhar verdadeiramente para o sucesso do Clube”, destacou Gustavo Ferreira.

Técnicos da base celeste - Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Notícias Relacionadas