menu

07/03/2020 22:42

Adílson elogia o desempenho e a organização da equipe e se diz orgulhoso com a atitude dos jogadores

- Cláudio Antonio

Foto: Gustavo Aleixo

O técnico do principal, mais vitorioso e popular time de futebol de Minas Gerais não poupou elogios aos jogadores do Cruzeiro, que tiveram um grande desempenho e estiveram bem próximos da vitória, neste domingo, no Mineirão.

“Eu tenho que enaltecer, agradecer, parabenizar. A gente fica triste com o resultado, mas entender que é um processo. Não estou aqui me desculpando. É um processo e eu acho que o torcedor, mesmo com a derrota, viu uma equipe que demonstrou empenho, atitude, coragem, personalidade, organização”, disse Adilson Batista.

“Tivemos a chance para fazer 2 a 1 antes e aí eles acertam um chute lá no finalzinho do jogo e méritos do adversário também, fazer o quê. Eu sinto orgulho deles e vamos reagir, temos dois jogos em casa e agora temos que pensar na quarta-feira, na Copa do Brasil. A gente convoca o torcedor”, completou.

O comandante cinco estrelas reforçou a importância do apoio da torcida celeste e comentou o lance em que recebeu cartão amarelo quando comemorou, próximo aos torcedores da Raposa, o gol de empate, marcado pelo atacante Thiago.

“Agradecer a presença deles, fui lá comemorar com eles. Eu tenho esse direito de comemorar com o meu torcedor, torcedor que eu gosto. Não fui provocar ninguém. Eu fui comemorar com o meu torcedor, que eu tenho carinho e nós precisamos deles na próxima quarta-feira, aqui no Mineirão, pela Copa do Brasil, contra o CRB”, declarou.

Adílson Batista - Foto: Gustavo Aleixo

Notícias Relacionadas